sábado, 27 de fevereiro de 2010

Flauta-doce em Família.

A flauta-doce pode ser de vários tamanhos, depende do alcance das notas musicais, pode-se falar em família ou simplesmente a classificação em alturas do alcance de uma determinada quantidade de notas, sendo assim, a flauta-doce pode ser:
  • Sopranino;
  • Soprano;
  • Contralto ou Alto;
  • Tenor;
  • Baixo.
O tamanho muda conforme o alcance das notas, assim a flauta-doce sopranino é a menor, a flauta-doce baixo é a maior. Para fazer notas agudas, a coluna de ar necessita ser pequena, para fazer notas graves, a coluna de ar precisa ser grande. Como o instrumento tem que se adequar a mão do ser humano, uma das formas de fazer notas bem graves é alargar a flauta-doce, assim é necesário ter vários exemplares para poder cada uma atingir as notas musicais necessárias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário